terça-feira, 14 de julho de 2009

Os dois lados de uma linha

Ser capaz de realizar diversos tipos de trabalho é um belo exemplo de eficácia. Agora, quando se fala em competência no trabalho, estamos falando em eficiência; coisas completamentes diferentes, pois assim como o amor e o ódio separam-se por uma linha tênue e larguíssima, eficiência e eficácia também.

Posso considerar-me eficaz quando sei que executo, ou quando tenho certeza que faço bem e de várias maneiras determinados tipos de atividades ou trabalhos. A eficácia ganha da eficiência, porque enquanto uma pode encaixar-se em várias coisas, a outra só s emostra válida em um caso. Em termos técnicos, eficácia é a capacidade de um indivíduo de adquirir, por meios diversos, um lucro ou prêmio.

Não que a eficiência não tenha nenhuma serventia, claro. Aliás, a felicidade no meu, no seu, no nosso trabalho, depende da nossa capacidade de ser eficiente, não?

Aconselho: se for para escolher em que lado dessa linha tênue e larguíssima que separa uma coisa da outra, fique do lado da eficiência! Ela sim, pode te levar a patamares bem maiores, isso sem sair de sua atividade ou trabalho, e nem ficar pulando da galho em galho! Ao contrário de uma tal de eficácia, que sempre quer contar vantagem...

Sorte de hoje: " Não confunda eficiência com eficácia. Faz bem aquele que gosta do que faz."

*Texto para o Blorkutando - 42º Semana - Sorte de hoje no orkut.

0 pseudocomentaram: