domingo, 6 de setembro de 2009

Suspiros do futuro

Confesso que sou um pouquinho adiantado quanto ao meu futuro profissional. Já planejei inúmeros cursos para prestar no vestibular, imaginei tantos horizontes a desvendar... Quando pequeno, meu maior sonho era ser médico (como toda criança tolinha e inocente), pois achava (e acho!) lindo o trabalho deles: ajudar ao próximo. Aí então, eu dei mais uma crescidinha básica e vi que, lidar com sangue, definitivamente não era a minha praia. Então pensei em algo que eu gostasse de fazer naquela época; logo, me veio à cabeça a profissão de químico, porque além de eu me sair superbem na matéria, eu amava aquelas misturebas malucas que a gente fazia na hora prática das aulas, e que sempre resultavam em alguma coisa. Mas (sempre o mas!) chegou o ensino médio e trouxe consigo a química, só que com prótons, nêutrons e elétrons, prontos para embananar minha vida de estudante. Passei a detestar a química. E, no início deste ano, comecei a pensar mais seriamente em que carreira iria seguir. Cheguei a duas conclusões: primeira, é preciso amar seu trabalho, não importa qual seja ele ou quanto ele te paga. E segundo, já diz o ditado: " UNA O ÚTIL AO AGRADÁVEL." Quis encontrar algo que me proporcionasse prazer quando trabalhasse. E por uma estranha coincidência e acaso do destino, comecei a fazer curso de francês. Detalhe: eu tenho uma paixão imensa pela língua francesa desde a qunta série, quando a descobri. Então, estou decidido a prestar vestibular para Letras/Tradutor (Francês-Português e vice-versa), porque eu posso ser tanto professor como tradutor: duas coisas que eu aprendi a amar nessa vida! Tanto que tenho um terceiro objetivo profissional, que conseguiu unir as duas profissões e mais uma oculta, que todo adolescente que ama a literatura já pensou em seguir: a de escritor! Quero ser escritor e publicar um livro em francês!

1 pseudocomentaram:

Julianna Alves disse...

oláá, aah obrigada pelo comentário...
hey, eu tenho faculdade de letras, só que Port./Ing., já fui professora em um curso e é um trabalho MUUITO legal, tipo que vc tb não deixa de estar ajudando o próximo...
beijãão