domingo, 29 de novembro de 2009

Salve, Mauricio!




Não me lembro de a Stephenie Meyer , autora da série Crepúsculo ( dã, ninguém sabe quem é ), ter sido criticada por ter investido em ficção científica, fugindo completamente da modinha dos vampiros, com o livro A Hospedeira. Meg Cabot, por sua vez, não mediu esforços para sair da realidade da princesa Mia, de O Diário da Princesa, para encarar o terror avassalador do conto de vampiros em Formaturas Infernais. E ela não foi alvo das críticas do mal de ninguém.
Tenho plena convicção de que Mauricio de Souza ( precisa dizer que ele é o autor da Turma da Mônica? Ops, saiu! ) não será criticado pelas más línguas por ter colocado em cheque mais um, dos vários personagens que criou, que mostra nossa realidade social: o Caio, o personagem que é o melhor amigo da Tina e que sugere traços homossexuais. Encaro este como mais uma das ótimas empreitadas do desenhista, que é merecedor de aplausos calorosos pelas suas inovações. Acho que não chegou a hora do reinado do mestre das HQ's terminar. Sinto informar a quem não simpatizar com o Caio que ou você está sofrendo um lapso mental irreversível ou está se fazendo de bobo. Pois se eu já ri muito com um mudo, um cadeirante e um garotinho que trocava o R pelo L, tenho muito mais para sorrir e ganhar com um carinha gay que não vai me fazer nada. Nem discriminar, nem criticar.
Vai apenas me fazer sorrir.












***

Oooi, gente! Tudo bom?
Bem, acho que vocês já estão sabendo que o Mauricio de Souza criou um personagem gay para as histórias da Tina. O caso está dando o que falar e foi parar no Tudo de Blog, que eu não posso perder mais as pautas. Já é um treino caso eu entre ano que vem!
Ah, outra coisa: ganhei de novo em terceiro lugar no Post It ! E a Erica ficou em segundo, nossa segunda dobradinha seguida! Rs', tô feliz!

Bem, por hoje é só. Como já estou de férias, é provável que eu atualize mais o blog durante a semana.

Beijos, abraços e até a próxima!

4 pseudocomentaram:

rrodrigues. disse...

OIUAHEOIU é quase uma novela mesmo. Bem nesse estilo.
Sobre o Rafa, nós estamos bem. É só que ele mora na capital, sabe? E não nos encontramos sempre no MSN. Sinto muuita falta dele. É triste. Mas obrigado pela preocupação. <3

O último trecho não é de BHG. É de Try To Sleep With a Broken Heart da Alicia Keys.
Daí tipo, esse formato atual de post tá assim porque eu me amarro em diários. Mas quase nunca tenho saco pra fazer. Aí geralmente acumulo coisas e posto um bocado depois. iheaoiu É divertido ler depois.

Sobre o seu post, eu achei muuuito legal o lance da revista do Maurício. Eu leio a Turma da Mônica até hoje. Sério. Um segredo: troquei a Capricho por ela. oiauheiu
Enfim, tem mais um post hoje. rs

Beeijos!

Erica Ferro disse...

Ah! Acho que todos nós temos algo pra ensinar, seja deficiente físico, mental, "normal" ou gay.
Todos nós somos seres humanos e merecemos espaço na mídia e na sociedade.

E, siiiiim, nós fizemos mais uma dobradinha, haha!
Legal isso, hehe.

Você é MASSA, filhão.
Todo fofo e atencioso.
Gosto pra cacilda de você ♥.

Beijo.

Tayane Scott disse...

Finalmente depois de uma longa ausência cá estou eu de novo *-* como sempre muito adiantado super postando as pautinhas do TDB e, claro, mandando muito bem nisso. Você já sabe que escreve bem, já sabe que arrasa muito e o que precisa saber agora é que tem que torcer porque a revista vai pra banca dia 15/12. Vamos lá espero que esse projeto seja aprovado com louvor. Tati Schibuola estará lá rs Deus queira que goste do meu projeto e do seu texto que faz parte dele.

Beijoooos ♥

Edy disse...

O Maurício de Souza é mesmo D+! E ele pode inventar o que quizer que isso não vai mudar. Quem nuca leu "A turma da Mônica"?
Enquanto à Stephenie Meyer, as críticas sobre ela está mais voltada à questão dos vampiros, fugiu de mais do assunto. Vampiros vegetarianos? Pegou mal. Embora a história seja boa, é muito vaga (pode ser resumida facilmente). J. K. Rowling foi além criou um mundo completo, uma hitória fascinante, e com várias lições...