quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Faz o que quer, ganha o que não quer!




- Abre, abre! - todos gritavam em coro.


Eu estava com receio de abrir, pois rceber um embrulho meio dark, meio punk me deixou intrigado. Mesmo assim, resolvi abrir. E não me arrependi. Era uma camisa linda, branquíssima, com o símbolo da paz na frente e a frase " a paz do mundo começa em você " atrás. Linda mesmo. Agradeci ao Saulo Roston (!) que me repassou a batata quente. Estremeci. Meu amigo secreto era a pior pessoa que eu poderia ter tirado. Droga. Eu teria que ser eu mesmo e não tive pena ao escolher o presente. E eu tinha a mais plena certeza de que alguém iria sair insatisfeito nessa história...
Olhei ao redor. Todos os cantores-revelação deste ano fixaram os rostos em mim, ansiosos pelas minhas palavras. Sorri de leve, para espantar todo e qualquer nervosismo que pudesse vir ao meu encontro. Luan Santana me encorajou:


- Vai, cara! Fala! Tá todo mundo curioso!


Caminhei lentamente à mesa onde se encontrava meu presente, que estava numa caixa linda, branca e com um laço preto e vermelho caprichoso no topo. Eu ainda não acreditava que tinha que 'presentear' aquela pessoa. Porque eu não tirei a Emanuelle Araújo, que é minha amiga mesmo?! Ou a Sandy, que é menos insuportável?!


- Pronto? - apressou novamente o Luan.


Glup.
Peguei minha caixa e retornei ao lugar que era meu no círculo dos cantores. Meu amigo não demonstrava o menor entusiasmo a respeito do presente, o que me deixou mais nervoso quanto à sua reação.
Ah, como eu me sentia arrependido de ter me tornado um cantor famoso!


Quebrando o gelo de vez, após alguns segundos de reflexão, reuni coragem e falei, decidido:


- Bem, pra começar, a pessoa que eu tirei não é, não foi e nem será minha amiga. Não sinto a menor empatia por ela, não suporto seu jeito e, sim, minha amiga secreta é você, Stefhanny - concluí, aliviado e radiante.

Sua demonstração de espanto me lembrou um corvo após ter sido atingido por um tiro. Seu vestido justo e curto não combinava nem um pouco com a cor de seus sapatos e muito menos com os brincos escandalosamente feios que ela portava. Eu refleti rápido, pois se nem o Esquadrão da Moda deu resultado nela, eu nao teria a menor chance.

Stefhanny veio ao meu encontro, sorrindo, mas não conseguindo disfarçar seu descontentamento comigo. Ela disse um 'obrigada' alto para todos ouvirem, encostou-se em meus ouvidos e sussurrou:


- " Eu sou linda. E absoluta, meu querido. "


E retornou ao seu lugar, aos gritos de todos:


- Abre, abre!


Ela, avidamente curiosa, desfez o laço cuidadosamente e retirou a tampa.
Stefhanny me fuzilou com os olhos.
Dentro da caixa haviam dois perfumes, um era Pierre Legrand, meu favorito; um vestido branco, longo e com a borda tricotada; e dois cartões. O primeiro dizia:

" Tive o prazer de escolher cada peça que não tivesse absolutamente nada a ver com você para sentir a dupla emoção de te ver furiosa. Um abraço, Ramon Alencar. "



E o segundo, mais caprichoso, falava o seguinte:


" Ah, e eu me vi na obrigação honrosa de lhe matricular em um curso de canto. Fique à vontade para conferir o lugar; é maravilhoso. Segue em anexo o endereço. "

Stefhanny estava com os olhos em fúria. Todos olhavam para ela, esperando uma resposta. A reação dela, para mim, foi previsível: ela tirou bruscamente o frasco de Pierre Legrand da caixa e atirou em mim, sem pensar duas vezes.
Ela realmente me odiava da mesma forma que eu a detestava. Legal.
No instante em que o vidro tocou minha pele, eu senti um puxão forte em meu pé e um grito, bem conhecido:


- Acorda, filho! Tá na hora de ir comprar seu presente de amigo secreto!






Pauta para o Blorkutando - 65º Semana: Inimigo secreto.





***




Este texto foi a deixa para eu enfim desejar à todos vocês, leitores ou não-leitores, visitantes ou não, meus votos mais sinceros de Feliz Natal e que a esperança de vocês se renove no momento em que o relógio soar às meia-noite de 25 de dezembro. Tudo de bom para vocês!
Eu decididamente amo o natal, mais do que qualquer outra data no ano. Adoro a sensação de que tudo vai mudar com a chegada de Jesus. Acredito que um dia, quem sabe, todos nós nos juntaremos para prosperar pela paz no mundo e pela comunhão entre os povos. 
- #INCORPORANDOOPADRE :D


E por hoje é só. Ah, explico logo minha ausência daqui até domingo: será muito, muito desgastante mesmo essa maratona de compras-arrumação-cozinha-e-blá-blá-blá e eu, provavelmente, só me recuperarei no domingo, quando toda essa correria ( e a ressaca ;D ) também.


Beijos, abraços, um feliz natal novamente à todos e um viva para Jesus !

7 pseudocomentaram:

Dani disse...

Sério, o texto ficou muuuuito bom! HAOIHAOIHAIOA
Feliz Natal, muito presente e principalmente, muiiita alegria! :)

Bjs

Tata disse...

Não me pergunte como, mas acabei encontrando seu blog. Não me arrependi disso ^^ Você escreve bem pra caramba.
Adorei o post! Rialto aqui..
ASHUASUHSAUHUHAUHASUHASUHASUHASUHS
Feliz Natal!
Que o Papai Noel lhe traga muitos presentes legais *-*

Tayane Scott disse...

Meu amigo blogueiro mais delícia de todo o universo. O que dizer de você no último comentário do ano? Que você foi simplesmente meu fã número um (ihuu to podendo benhê) em 2009 e foi o culpado por eu não ter parado nunca de acreditar nas minhas publicações e no meu talento para escrever. Cara, eu só tenho que te dizer MUITO OBRIGADA por ser tão especial e tão MARA comigo. Quero poder contar com a mesma força e o mesmo amor em 2010 heim? rs E só pra constar AMEI ESSE POST. Odeia a linda e absoluta e adoraria ver ela mortiinha de ódio rs. ARRASOUUUU GATO! ♥

' Jαdє Amσrιm disse...

Cara eu ri muuuuuuuito!
Adoreeei!
Tinha achado o começo meio nada a vê, mas depois entendi tudo! ahsuahsuahsauhsa


Beeijos!

Sarkazéin disse...

Me like. Ri demais também. Muito bom. Tu escreve bem pra caralho!

Por sinal, atualizei lá.
E por sinal mais uma vez, eu teria falado que tirei ao mesmo, se tivesse tirado a Stephany.

Zeeefa*-* disse...

Excelente!
eu ri demais! muuuuito bom!
Seguindo vc, ok?!

uma ótima semana!

Erica Ferro disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK

Ri MUUUUUUUITO agora.

Tu é demais, cara.
:*