sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Um novo começo

"Novembro de 2010.

Mal consigo dormir com o que acabo de saber. Fui eleito presidente do Brasil! Sou o mais jovem presidente que o país já teve. Só que ao mesmo tempo que a felicidade chegava, a realidade veio: preciso cumprir, no mínimo, metade das propostas que a sociedade brasileira me viu propor na TV, em comícios, em reuniões partidárias. Não será fácil, pois há obstáculos sérios no meio do caminho - que denomino progresso. Porém, de nada adiantaria ter lançado uma candidatura se eu não tivesse o tempo todo uma palavra em mente: esperança.

Sei que temos condições e capacidade o suficiente para transformar, modificar a situação atual em que o país se encontra. Lutando juntos, a população e eu traremos grandes avanços em saúde, moradia, educação e lazer. Pode parecer um daqueles grandes clichês políticos, mas eu acredito sim num futuro melhor - tanto que nunca menosprezei nenhum de meus candidatos, pois sei que eles também são capazes de promover a mudança. Não sairei por aí dizendo que construirei creches/escolas em números absurdos porque sei que não é tão simples quanto parece arrumar um terreno, montar a escola e jogar estudantes ali dentro. Na educação, o que falta é qualidade e não quantidade. Vejo que nosso país ainda sofre com escolas nem um pouco adequadas ao padrão normal, tanto na zona urbana quanto na zona rural. E tudo melhora quando temos condições dignas para aprender. Na área da saúde, idem. Falei tanto em minha campanha na saúde que tenho certeza mais que absoluta que esta é a prioridade de meu governo. É deprimente ver idosos morrendo nos corredores dos HE's que não oferecem estrutura para suportar tamanha demanda. Crianças adoecem dentro dos hospitais e que não recebem o cuidado básico. Um absurdo que farei questão de corrigir, mesmo que isso me deixe passar fome, porque não entendo como os outros presidentes conseguiam pôr a cabeça no travesseiro e dormir relaxados quando havia centenas de pessoas necessitando de um atendimento útil num hospital ou no mínimo uma cadeira para aguardar na fila de atendimento. São vidas que estão em jogo. Mudar, mesmo que a passos curtos, o quadro do saneamento básico em todas as regiões do país, pois sem ele não há a propagação da moradia, nem do aumento na qualidade de vida. Será preciso também promover o lazer público e acessível à socidade, que nem sempre dispõe de recursos para ir a um parque ou ao cinema, por exemplo. Mas dentre todas as minhas metas para cumprir, tenho uma em especial: a causa ambiental. Defenderei a preservação da floresta amazônica, nosso maior bem dado por Deus, pela natureza. Sustentabilidade já!

Enfim, mesmo não tendo citado nem metade do que a população tem por direito de usufruir, farei questão de lembrar em cada dia de mandato do que escrevi aqui hoje. Tudo o que estiver ao meu alcance para tornar o Brasil um país melhor e com qualidade de vida elevado será feito. Não posso permitir que não tenhamos o mínimo para viver. E o medo de tentar não irá impedir a mim nem a ninguém que votou em mim de fazer a mudança.

A partir de amanhã, começa uma segunda nova página na história do nosso país. A primeira eu termino neste momento de escrever."



Pauta para o Blorkutando - 106ª Semana: Eleições.

***

Taí um desafio que eu não pensava em conseguir cumprir: falar como um político. Ótima ideia do Blorkutando! Espero que tenham curtido, me senti tão esquisito escrevendo!
Pois é, eu tô todo atrasado com os comentários... Juro que esse fim de semana eu coloco tudo em ordem! Feriado prolongadão, vai dar tempo de fazer tudo - ou pelo menos eu espero.
Gostaram do TDB desse mês? Se inscrevam, vou amar ler as respostas de vocês!
E por hoje é só, semana cheia essa que eu tive. A pressão pro vestibular começa a apertar cada vez mais e eu não sei o que fazer. Tô apelando pro XÁDIMARACUJÁ, mas nem isso dá resultado. Espero ser feliz com os comentários encorajadores e divos de vocês <3

Do seu amigo e amante (de onde será que eu tirei isso, @_jotaerre?) ,

4 pseudocomentaram:

Natália disse...

Será o melhor Presidente que essa nação já teve! beijo

Allan Penteado disse...

huum teremos um bom presidente hsuhsush, sorte essa semana ^^

AH.orta disse...

Queria que um presidente desses existisse mesmo. Não quer se candidatar? ;D
Parabéns Tiêgo, eu adoro o jeito que você escreve e tudo mais.
Boa sorte no blorkutando. o/

Edy disse...

Quem sabe o nosso futuro não está nas mãos de um Pseudcientista? Já tem meu voto!