terça-feira, 15 de março de 2011

Cartas, cartas, cartas

Prontinhas as cartas das meninas que são e que não são da máfia das cartinhas <3


Como bem vocês sabem, eu sou uma pessoa antiga. Sempre prezei o costume não tão moderno, mas muito prazeroso e delicioso de trocar cartas. Desde que descobri esse meio de comunicação, em 2005, fui gostando cada vez mais e mais e hoje eu sou simplesmente fascinado pela magia que o carteiro traz ao bater no meu portão dizendo que tem carta pra mim - sim, até a CARTEIRA (vocês sabiam que as mulheres arrasam entregando cartas, né? A Dulce já tá no coração. hahahaha) me conhece de tanto que chega carta pra mim. Só que de uns tempos pra cá, a ascensão gloriosa de uma tal de internet ESTRAGOU com o encanto que as cartas proporcionavam. Ninguém mais queria trocar cartas e pior, pra ficar horas no Twitter  ou jogando conversa fora no MSN. Isso me entristeceu MUITO, mesmo eu sendo um viciado na web. Deusa Nyx sabe que eu valorizo muito o papel e a caneta. Até meados de 2008, eu pensava que fosse só eu que ainda era adepto desta prática. Só que me enganei, redondamente.

Por culpa da Gwen e de um plano muito legal dela de homenagear a revista Atrevida, acabei conhecendo-a. Virei fã desde que um texto dela foi publicado na revista em agosto (?) de 2008 e eu senti que precisava conhecer melhor aquela guria. E graças ao Orkut, esse lindo, nos conhecemos. Trocamos endereço, e não muito tempo depois, as cartas começaram a chegar. Uma atrás da outra, duas por mês. Isso me reanimou, totalmente. Minhas esperanças haviam triplicado. Ainda existiam pessoas que gostavam de trocar cartas! Não tardou muito para que eu fosse conhecendo gente com o mesmo amor pela escrita e por esse meio de comunicação. Depois vieram a Lays, a Van, a Isa, as meninas da Máfia das Cartinhas Amanda, Rúvila, Deyse e também as divíssimas Mayara e Bia TM que quiseram entrar na brincadeira comigo. Nem preciso dizer que estou FELICÍSSIMO com tudo isso, né? De repente, meninas lindas e sensacionais e que tem o mesmo amor pela escrita em comum trocando cartas comigo! Ainda estou em êxtase.

Suas lindas e sensuais, minhas cartas estão chegando logo mais na casa de vocês! Foi simplesmente mágico escrever cada uma delas e tenho orgulho por cada uma de vocês cultivar um ato tão legal como este. E que um dia meu acervo de cartinhas esteja do tamanho do meu contentamento por vocês quererem trocar cartas comigo!

Antes de concluir o post, foto do meu atual tesouro:

Ih, eu tinha muito mais do que isso. Mas minha sábia mãe achou que minha caixinha linda da dona Baratinha (MENTIRA) não era nada de mais e simplesmente tacou no lixo. Cheguei em casa da fisioterapia no comecinho de 2008 VIRADO NO CÃO morrendo de dor e ainda fico sabendo dessa. DÓI até hoje só de lembrar disso, olha. Eram quase 50 cartas acumuladas de 2005 até janeiro de 2008! :O

Meu maço lindo de cartas since novembro de 2008

E é isso, musos! Quem ainda duvidou da minha paixão por escrever, CALE-SE AGORA E ME MANDE UMA CARTA! Entre em contato comigo por comentário, por Twitter ou por sinal de fumaça. GRATO!

***
Oi, bebês!
Já falei quase tudo o que tinha pra falar pra vocês hoje. Eu ia postar uma coisa melosérrima, mais do que mel. MAZAÍ tive a ideia de postar isso e fomentar a prática do envio de cartas - e não e-mail, tá? - porque meu blog também é cultura, né. Tenho só algumas considerações pra colocar porque o post tá imenso e eu não gosto nada disso porque vocês não vão ler nada:

1) O QUE FOI O THALES SE DECLARANDO PRO JULINHO ONTEM EM TI TI TI? Dei uma morrida básica! Eu já estou apaixonado, vendo essas coisas então... Fico ainda mais! VEM GENTE! É a última semana da novela e tá tendo babado atrás de babado então NÃO SEJAM TOLOS E OUTS e arrasem! Tititi é TEMDENSIA E tá parei.
2) Hoje recomeça as aulas no meu curso de francês! Cá vou eu para o quinto semestre, cheio de expectativas! Posso realizar meu sonho de ir fazer intercâmbio esse ano! Torçam por mim!
e 3) QUEM ME AJUDA A CONTROLAR A ANSIEDADE PRO INÍCIO DA UNIVERSIDADE?


Do seu escritor-aspirante,

6 pseudocomentaram:

Tary disse...

Eu sou da máfia das cartinhas! E com orgulho, hahaha (: Acho linda essa revolução que criamos na blogosfera. Cartas são tudo de bom! Beijo :*

Vagner de Alencar disse...

Faz tempo que não sei o que é receber ou enviar uma carta (confesso: a razão para isso é a internet e as promoções absurdamente tentadoras das telefonias). Mas olho com muita nostalgia, minha pasta com mais de 300 cartas, cartões, bilhetes e outros tipos de correspondências. Dia desses, li a carta dum ano datada em 1996. Daí percebi que o tempo, normalmente apaga os e-mails, mas não relíquias, como essas. Forte abraço!

Bia disse...

Minha carta linda e rosa seduzindo na foto (L) HUSDSDUSHD Não tem preço você receber uma carta,a sensação é incrível mesmo, e assim como você o carteiro já me conhece também, não só pelas cartas mas pelos livros que compro loucamente :x HUDSUSDHSD Mas é muito bom saber que alguém parou um tempo do seu dia, se debruçou sobre aquele papel e escreveu pra você :] Tô doida pra sua carta chegar logo e enviar a minhaa <3

Edy Santos disse...

Faz tanto tempo que eu não recebo uma carta, vixe! Essa é uma coisa que nunca devia ter acabado. Receber e-mails definitivamente não tem o mesmo encanto que uma carta.
=D

Leila Ice Girl disse...

Que lindo Tiêgo, monte de cartinhas, meus amigos de carta me abandonaram, as pessoas me abandonam, anyway, mas eu adoro escrever cartas tbm

Jeniffer Yara disse...

Ahhh eu amo cartas,quero escrever pra vc tbm,ahh =/
Quando puder,falo com você sobre isso melhor.haha

Ahh final de Tititi tá sendo mara,eu chorei com o Thales e o Julinho,simplesmente o melhor casal da novela *__*
E ah,boa sorte do curso de frânces e na universidade \/

Beijos