sexta-feira, 1 de abril de 2011

Do triângulo à reta

 

Marie,

 

Ontem à noite foi inútil tentar dormir. Mil pensamentos torturavam minha cabeça que parecia uma bombarrelógio, prestes a explodir ao mínimo movimento brusco. Decisões não são fáceis de se tomar, muito menos quando eu falo de duas coisas que mexem tanto comigo. Sim querida, meu coração se abriu ao amor. Novamente.

Você vai me tachar de mentiroso, de ridículo, de traidor. E ok, eu compreenderei todos os seus julgamentos. Porém, antes de qualquer outro pensamento repudiante seu, saiba que você foi e sempre será a primeira pessoa que amei nesta vida. Tudo o que vivemos juntos jamais me será apagado da memória. Desde o pôr-do-sol no almirante até as noites incríveis de amor que passamos. Meus momentos junto a sua presença hipnótica não tem como serem esquecidos. Tanto que para mim, esta decisão foi a mais dura e cruel que tive que tomar até hoje.

O mundo dá voltas entorpecedoras, minha amada. E isso tudo que está acontecendo comigo é complicado demais para eu conseguir compartilhar com alguém e acabar cometendo um erro que eu não deveria cometer. Seria impossível descrever tudo o que estou sentindo neste exato momento. Mas tenho certeza absoluta do que toma conta do meu coração; agora eu tenho. Depois de meses de uma dúvida incompartilhável e sendo a ponta principal de um triângulo perfeito, mas não equilátero como eu gostaria que fosse, é chegada a hora de lhe dizer, Marie, que não há como amar e ficar junto de duas pessoas ao mesmo tempo, sem sentir com se fosse romper a alma ao meio.

Pode ser que você nem esteja mais lendo esta carta, mas fique com a certeza de que o nosso amor, o nosso incrível e lindo amor, foi perfeito. Minha história com você teve um fim, mas podemos continuá-la de outras formas, sem que haja corações partidos e pessoas magoadas. Sinto muito não ter conseguido ter lhe dito da forma como deveria.

 

De seu eterno,

 

Gérard.”

 

Pauta para o Blorkutando – 131ª Semana : O Triângulo

***


Salut, bébés! Comment allez-vous?

Eu vou muito bem, obrigado. Essa semana voou, né? Nem acredito ainda que chegou o final de semana, minhas jornadas ultimamente tem sido  um absurdo de cansativas, vocês não fazem ideia. Tô precisando de um relógio que faça o tempo passar um pouco mais devagar em alguns momentos porque né, ter montes de coisas pra fazer e o tempo que corre quando eu preciso é injusto comigo.
Tô pensando em elaborar um #TopFive pra essa semana, quem tiver sugestões, tô aceitando! De filmes a sites, podem falar ;)
Minha vida tá numa mesmice só… Mesmo com um namoro lindo e uma correria de rotina, parece que tô dando voltas e voltas no mesmo lugar. ALGUÉM ME LEVA PRA MARTE, SÓ PRA EU SABER COMO É? Brigado.
AH, ME LEMBREI DE UM BAPHOOOOOOOOOO PRA VOCÊS: VOU VIAJAR PELA PRIMEIRA VEZ NA MINHA VIDA Dia nove vou pra Belém, capital do Pará (que antes possuía meu estado, risos). Vou ter babados pra vocês!
Ai, gente, essa semana foram chegando as cartinhas das meninas da máfia das cartinhas, uma delícia <3 Ainda tô aceitando correspondentes, quem estiver afim dá um UP!
E enfim, acho que é só. Tô falando demais esses tempos e vocês não gostam de tagarelas que eu sei.

Do seu escritor-aspirante,

Tiêgo R. Alencar.

6 pseudocomentaram:

Jeniffer Yara disse...

Ahh que linda carta,por mais triste que seja o rompimento,achei a linda a forma do Gerard se expressar nela *-*

Já eu queria que o tempo passasse mais rápido,mas com certeza me arrependeria se isso acontecesse,enfim,aguardo sua vinda pra cá o/

Beijos

Laís Pâmela disse...

Nem preciso falar que a sua carta me fez chorar muito né?
Vivi uma situação muito parecida com essa, a unica diferença é que houve traição de um lado, o que fez meu coração ficar muito mais dilacerado.

Sobre o topfive, que tal "Juntos pelo acaso" tem uma das minhas atrizes preferidas no papel principal. É um filme lindo demais.
Beijos.

Bia disse...

Minha cartinha devia ter sido enviada na sexta mas com tanta correria e greve deu tudo errado :/ adorei o texto, tomara que você ganhe, muso! <3

Erica Ferro disse...

Vixe, não tem como odiar uma pessoa que termina um relacionamento com uma carta tão linda e sincera como essa.
Linda, Tiêgo!
Me apaixonei, hauhauhauha.

Vai pra Belém? Boa viagem.
Minha estadia em Belém foi massa! Fui ano passado pra lá. =)

Um abraço, Tiêgo.
Sucesso!

Vanessa disse...

Gente, eu ficaria louca se me visse metida num triângulo amoroso hahaha Ahhh, vai pra Belém? Depois me conte como foi lá. Não consigo me imaginar em Belém de novo, apesar de ter deixado muitas amigas por lá.

Gêsa disse...

" E isso tudo que está acontecendo comigo é complicado demais para eu conseguir compartilhar com alguém e acabar cometendo um erro que eu não deveria cometer."

Lindo demais, especialmente o trecho acima. Acho que se alguém terminasse assim comigo eu não ficaria chateada apenas triste, profundamente triste.