segunda-feira, 23 de maio de 2011

ENEM 2011: que comecem os jogos!

 

Ano passado, eu prestei o vestibular para duas universidades públicas. Uma delas, a federal (Unifap), utilizou a nota do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, como uma das formas de ingresso. Pensei umas dez fazes antes de optar por fazê-lo, uma vez que minha preparação para a prova era zero e ela seria minha porta de entrada para a faculdade – fora o medo que quem já havia feito nos anos anteriores me colocava com seus relatos do temido exame. Mas mesmo assim, fiz. E não me arrependo nem um pouquinho da escolha, até porque consegui passar no vestibular com a nota do ENEM (mas isso já é outra história, hahahaha). Enfim, concentremo-nos na prova em si.

A prova total é dividida em dois dias, duas provas em cada um sendo que no segundo dia temos a linda e maravilhosa redação para completar a felicidade dos pobres mortais que farão o bendito exame. Acho que só isso já basta para o considerarmos desumano, não? Confesso que no primeiro dia de provas fiquei morrendo de medo do tamanho dos cadernos de questões e do conteúdo decisivo deles. Agora, somem isso a uma sala minúscula, mal ventilada, muito quente e com carteiras mais duras do que PREFIRO NÃO COMENTAR RS. Pronto, você tem em mente os meus dias tortuosos, exaustivos e totalmente atordoadores que marcaram o meu final de 2010. O ENEM de longe foi a avaliação mais perversa, complicada e interminável que eu já fiz. Juro que depois do segundo dia de prova, o meu maior desejo era dormir até esquecer que dá pra ferver água numa vacna e que o Twitter e a Wikipédia podem te ajudar a conquistar seus sonhos – ao saber as respostas de suas respectivas perguntas no exame.

Tenho três dicas básicas pra ajudar você que fará o ENEM em 2011, para o período de proximidade de sua aplicação: um, esqueça os cadernos, livros e apostilas do cursinho antes da prova. Eles são os principais inimigos do combate ao nervosismo e garanto a você que nada entra na cabeça horas antes da prova; em compensação, não esqueça os documentos necessários à sua identificação no local de aplicação. Vi muita gente sendo barrada na minha sala por estar com o documento errado ou por não tê-lo trazido, mesmo o nome constando na lista. Dica dois, descanse muito nos dias anteriores ao do final de semana do ENEM. Uma mente e um corpo repousados têm maior calma e disposição no momento de responder as questões imensas que certas áreas exigem (considere a de humanas e a de linguagens e códigos como algumas dessas áreas). E dica três, seja lá onde for sua prova, LEVE ALGO PRA COMER já que você não pode sair pra comprar/comer nada. O tempo da prova é longo – começa no horário de almoço e termina no fim da tarde. E posso assegurar que a fome bate, bem no meio da prova. No primeiro dia, me lasquei por ter levado só uma barrinha de cereal e dois chicletes pra quase uma tarde toda lendo, batendo cabeça, relendo… Segui os três passos e me dei bem no ENEM, mesmo sem ter me preparado para prova alguma, o que constata que não importa o que você tiver feito antes, na hora H é você e sua cabeça. Só.

O ENEM em 2011 está cotado para acontecer no segundo semestre (mais especificamente nos dias 22 e 23 de outubro) e em 2012 terá outra edição logo no primeiro semestre (nos dias 28 e 29 de abril). Não confio muito nessa informação mas tudo bem. As inscrições começaram hoje e vão até o dia 10 de junho, às 23:59h, no portal do ENEM e estão no valor de R$35,00 (lembrando que alunos concluintes do Ensino Médio no ano de aplicação da prova são isentos de pagamento). Confie em si, muita concentração e boa sorte desde já!

 

FONTES: Hiperativo | Terra

8 pseudocomentaram:

Giselle Rayane disse...

eu já fiz a minha inscrição! Boa sorte pra mim *o*

Gwen Mignot disse...

Ai, nem me fale em ENEM! Isso tá na minha cabeça faz tempo. Mas espero passar. Bom texto. :)

Vanessa disse...

Esse novo ENEM é cruel. Bate até uma nostalgia do tempo em que ENEM era uma provinha boba que não valia nada e que era motivo de piada para um antigo professor de física que eu tive...Nem precisei fazer ENEM. É triste ver os alunos penando por causa dele hoje!

Gabriela Andrade disse...

Hahaha, gostei do seu texto informativo! (:
Eu também fiz ENEM o ano passado e tenho que acrescentar alguns itens que vivi fazendo a prova: banheiro sem papel, barata na sala (que resultou em todo mundo gritando auehuahe), carro de som tocando pagode na maior altura e atrapalhando o trabalho de todos os neurônios que tentavam fazer a prova e, o dia/local do meu exame foi o mesmo que o de uma corrida de fórmula 1... Ou seja, tava com sorte! auehuahe Mas ainda bem, deu tudo certo e concordo com as suas dicas, ENEM é mais interpretação: "na hora H é você e sua cabeça. Só."
Beijos! (:

Jeniffer Yara disse...

Desde já nervosa com a prova,mas vamos lá,tudo vai dar certo *.* haha

Beijos

Leila Ice Girl disse...

eu não vou fazer ENEM esse ano, tipo, cansei hehe, mas sabe, sempre fiquei tranquila nas provas, não esquento minha cabeça com isso não

Deyse Batista disse...

Todo o dia eu agradeço por já ter passado dessa fase. Não sou hipócrita em pormenorizar a situação pra quem ainda vai fazer, né? ENEM é MUITO TENSO. Sorte nossa que já nos encontramos nas nossas Letras, hein? :)

Beijo, querido!

Thaina Farias disse...

Olá! Curti o texto, bem verdadeiro. Não vou ficar criando expectativas falsas em relação a prova, sem duvida, haha. Então, preparação eu tenho pouca, ainda mais na parte de exatas, vou dar uma de artilheira e vou chutar tudo, mas enfim... Estou no segundo ano e resolvi fazer pra ver se consigo meu certificado de conclusão (desespero de acabar logo o médio) e pra ver se, queeeeem sabe, ano que vem eu esteja já na faculdade linda de comunicação. Vai ser dificil, eu tenho 5 meses para estudar o máximo que puder, mas espero, pelo menos, não tirar uma nota vergonhosa.
Curti o texto! Sorte sua já ter passado por isso e ter conseguido uma vaga em uma faculdade que tanto queria (eu acompanhei teu drama) e azar o meu de ainda estar passando por isso, rs.