quarta-feira, 18 de maio de 2011

Paixão, só isso.


Sinto-me um completo idiota. É, retardado, louco. As coisas sorriem para mim assim, sem mais nem menos. Não preciso mais chegar em casa reclamando de Deus e o mundo por causa de um dia tenebroso no  trabalho ou no meu curso de francês (se bem que falar francês clareia qualquer dia tenebroso, mas enfim). Muito pelo contrário, inclusive. Todo mundo estranha quando eu chego em casa rindo – de nada.
Eu sei que você tá me achando um retardado total por estar jogando aleatoriedades num parágrafo de introdução de um texto bobo e sem muitas razões, porém continuarei mesmo assim.
“Apenas um olhar, mistério, confuso de entender...”, já diz o NX Zero (écoutez “Apenas Um Olhar). Por algum motivo, um olhar foi o suficiente para que todas as terminações nervosas do meu corpo estivessem prestes a entrar em transe. Prevejo pedras sendo atiradas em mim por conta da minha cafonice, mas minhas pernas bambearam apenas por ouvir o som de sua voz – um “oi” tímido seguido de um sorriso e um olhar penetrante. Isso é o bastante para que minhas pernas bambeiem, ou pelo menos eu acho. Você já deve ter sentido isso alguma vez na vida, aposto. Coração acelerado. Modo “mute” ativado. Um certo trepidar (em toda a extensão corporal). Não me lembro ao certo da minha reação naquele instante, se é que eu tive alguma. Ah, lembrei de uma reação: sorri. Retribuí aquele sorriso lindo e aquele olhar penetrante como se fosse a coisa mais importante da minha existência.
Uma só fração de segundo bastou para que eu tivesse certeza do que era aquela erupção incontrolável de emoções loucas dentro de mim.
Simples. Eu estou apaixonado.
De novo.

5 pseudocomentaram:

Jota disse...

Só espero que dessa vez não seja por um personagem de novela ou uma paixão que não vá pra frente.
Você merece ser feliz, guarda seu coração e não deixa pessoas incertas tocarem nele..

Abração meu amigo :D

leila disse...

Ah, que coisa mais fofa, mesmo não sendo eu um poço de romantismo, acho a coisa mais fofa alguém estar apoixonado, contraditório? heheh
Beijos seu lindo

Buba. disse...

Lindo! Acredito que todo mundo já se sentiu assim pelo menos uma vez na vida. Eu já me senti milhares. E apesar de algumas vezes terminar em dor, no começo é a coisa mais gostosa que o meu coração, meu corpo e minha alma podem sentir.

Jeniffer Yara disse...

Estarmos apaixonados é tão bom...*-*

Lindo texto Ti,consegui sentir suas palavras <3

Beijos

Erica Ferro disse...

Que texto lindo, Tiêgo!
Nem preciso dizer que me identifiquei MUITÍSSIMO com os sentimentos expressados no post, né?
Também tô assim, apaixonada, pela... perdi as contas de quantas vezes me apaixonei, rs.
Vivo amando. Amor é substância, é o que me move, o que me tira o chão e depois me salva.

Ah, só uma coisa: desacredito que o sorriso da sua pessoinha amada seja mais bonito do que a da minha pessoinha amada. Rá! =p
HUAHUAHUA!

Adoro você, Tiêgo! Tava com saudade de te ler. Agora vou te ler sempre.
E logo mais volto aqui pra ver um certo vídeo que você fez, onde mostra a sua estante de livros e vi um certo comentário que você tem um VOZEIRÃO! Huahuahua. Logo, logo venho conferir! ;D

Beijo.