domingo, 15 de maio de 2011

#TopFive 3: CD’ Internacionais!

Oi, gente!

Pois é, eu disse que viria antes, e deveria ter voltado ontem. Mas a internet sambou na minha cara e eu na hora em que eu ia postar, sempre dava erro (eu não uso o sistema de postagem normal do Blogger, mas o Windows Live Writer). Agora, sem enrolações e depois de muita promessa, cá está o #TopFive de número três, com os cinco CD’s mais incríveis que eu já ouvi na vida. Então preparem os olhos, os ouvidos e a disposição pra jogar todas as músicas no 4shared depois e vem comigo!

 

+ Rihanna – Good Girl Gone Bad (2007)

Não deve ser segredo pra ninguém que eu sou apaixonado por música pop. Seja lá o estilo que for, tenho um amor absurdo por esse estilo musical e sorry você que paga de cult e fica curtindo Beatles, Rolling Stones e Red Hot Chili Peppers com dezesseis anos porque isso pra mim é ser retardado e querer ser diferente demais. Mas deixando esse povinho radical pra lá (desculpe se você está nesse meio, c’est mon opinion, baby), não poderia esquecer DE JEITO NENHUM minha musa e diva sensacional Rihanna. Desde os primórdios da humanidade quando eu descobri o pop, RiRi já estava lá, com sua “Unfaithful” me fazendo chorar peeeencas e arranhando um inglês epic fail. A diva já tinha lançado dois CD’s quando a conheci (respectivamente “Music of the Sun” e “A Girl Like Me”) e fiquei desesperado quando soube do anúncio de Good Girl Gone Bad. Esperei ansiosamente e quando o álbum foi lançado, Rihanna estourou nas paradas de sucesso com “Umbrella”, ganhando mundo afora com o refrão inesquecível da canção. Não me decepcionei com a produção da musa. A espera valeu muito a pena, tanto que ele veio parar aqui! Só na primeira semana depois de lançado, “Good Girl Gone Bad” quase alcançou a faixa de um milhão de álbuns vendidos e nos demais anos que se seguiram até o lançamento de “Rated R”, em 2009, o disco conquistou discos de platina e de ouro e em todo o mundo. O álbum até hoje tem uma recepção muito positiva e super recomendo a todos vocês!

 

 

FAIXAS:

1 – Umbrella (feat. Jay Z)

2 - Push Up On Me

3 - Don't Stop the Music

4 - Breakin' Dishes

5 - Shut Up and Drive

6 - Hate That I Love You (feat. Ne Yo)

7 – Say It

8 - Sell Me Candy

9 - Lemme Get That

10 - Rehab

11 - Question Existing

12 - Good Girl Gone Bad

Bônus Tracks

13 – Take a Bow

14 – Disturbia

15 – If I Never See You Face Again (feat. Maroon 5)

 

Minhas favoritas: Umbrella Coração vermelho, Sell Me Candy Coração vermelhoCoração vermelho, Hate That I Love You Coração vermelhoCoração vermelho, Shut Up and Drive Coração vermelho, Take a Bow Coração vermelhoCoração vermelho e Good Girl Gone Bad Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho

Menos favoritas: Lemme Get That, Say It, Disturbia

 

+ Adam Lambert – For Your Entertainment (2009)

 

Eu nunca fui de ouvir músicas de cantores saídos de realities, sabe. Só curtia vê-los lá, nos programas – fora, não. E antes que vocês perguntem, eu não cheguei a ver o Adam Lambert no American Idol, em 2009. O conheci no início de 2010, quando um amigo (thanks, João s2) me apresentou a um dos seus hits do momento (que todo mundo já tinha escutado, menos eu), “Whataya Want From Me”. Fiquei encantado, sem mais. Chateei com a música por um bom tempo até criar vergonha na cara pra ir atrás de mais do Adam. E assim foi, fui baixando as músicas dele e quando me vi já estava apaixonado de corpo e alma pela voz e pela personalidade marcante do cantor. Confesso que fiquei um pé atrás depois de saber que ele tinha saído do American Idol (eu não sabia disso quando ouvi minha primeira música dele), mas não me deixei levar por essa mania de cair fora de ex-reality. O resultado? Um amor IMENSO por tudo o que o Adanzinho faz s2s2. “For Your Entertainment” é seu segundo CD (o primeiro foi “Take One”) e de longe, o melhor. Já não passo um dia sem ouvir uma canção que seja. Pra você que ama aqueles gritos megaescandalosos e afinados até  a alma, Adam Lambert é uma pedida mais do que excelente! O álbum foi um sucesso de audiência e superando todas as expectativas do próprio Adam, rendeu um outro disco, proveniente da sua turnê “Glam Nation Tour”, além de vários prêmios e discos de platina e ouro. Vamos pra tracklist?

 

FAIXAS:

1 - Music Again

2 - For Your Entertainment

3 - Whataya Want From Me

4 - Strut

5 - Soaked

6 - Sure Fire Winners

7 - A Loaded Smile

8 - If I Had You

9 - Pick U Up

10 - Fever

11 - Sleepwalker

12 - Aftermath

13 - Broken Open

14 - Time For Miracles

Bônus Tracks:

15 – Down The Rabbit Hole

16 – Voodoo

17 – Can’t Let You Go

18 – No Boundaries

 

Minhas favoritas: Soaked Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Aftermath Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Music Again Coração vermelhoCoração vermelho, Voodoo Coração vermelhoCoração vermelho, If I Had You Coração vermelhoCoração vermelho e Whataya Want From Me Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho

Menos favoritas: Broken Open

 

+ Mika – The Boy Who Knew Too Much (2009)

MEU CANTOR FAVORITO. Essas três palavras definem. Mika e seu estilo muitíssimo exótico mas não menos maravilhoso me conquistaram no exato instante em que meus ouvidos captaram a música “Happy Ending”, do primeiro CD, “Life in Cartoon Motion”, há cinco anos atrás. Não me lembro de ter me apaixonado tão rápido por uma voz e por um cantor como aconteceu com o Mika. Aliás, eu não me lembro de ter curtido muitos cantores solos antes dele, não. Mika foi um marco na minha vida. O pop masculino chegou na minha vida junto com ele e isso eu não vou esquecer nunquinha. Mas enfim, quando “The Boy Who Knew Too Much” eu só não fiz um escândalo de felicidade porque eu estava na lan house, mas baixei super sorrindo loucamente de euforia todas as músicas como se não houvesse amanhã. Qual não foi minha surpresa quando constatei que o álbum tinha amadurecido um bocado desde o anterior e, pra variar, estava ainda melhor! Dá pra dançar, se emocionar, gritar, pular… Taí um álbum que a gente não consegue pular UMA faixa. CORRAM PRO 4SHARED NOW porque esse libanês radicado inglês é boca de confusão misturado com atraque mais um pouquinho de encrenca! VEM, GENTE!

 

FAIXAS:

1 - We Are Golden

2 - Blame It On the Girls

3 - Rain

4 - Dr. John

5 - I See You

6 - Blue Eyes

7 - Good Gone Girl

8 - Touches You

9 - By the Time

10 - One Foot Boy

11 - Toy Boy

12 - Pick Up Off the Floor

Bônus Track

13 - Lover Boy

 

Minhas favoritas: WE ARE GOLDEN Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Blame It On The Girls Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Pick Up Off The Floor Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho e Good Gone Girl Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho

Menos favoritas: Lover Boy e Rain

 

+ Avril Lavigne – Let Go! (2002)

Gente, só Deus sabe o quanto eu sou APAIXONADO por Avril Ramona Lavigne. Essa musa ganhou meu coração assim que eu ouvi Sk8ter Boy, lá em 2004. Como naquele tempo eu não tinha muitos recursos pra ouvir músicas tampouco condições financeiras pra comprar o CD, tive que me conformar com as vezes em que as canções da diva tocavam nas rádios. Quando ganhei de presente de uma amiga o disco, quase infartei de emoção e gritei louco de tanta felicidade. Era meu primeiro CD e eu não tinha como não sentir toda aquela alegria de estar crescendo e trocando os bonecos pelos discos (philosophei). Lembro de ter furado o CD em várias faixas até um filho da puta muito grande ter me roubado meu lindo no colégio, de dentro da minha mochila linda da Kippling :( Enfim, dramas à parte, Avril e seu rock (que faz falta atualmente, confesso) inconfundível marcaram uma geração e “Let Go” foi de um sucesso estrondoso, chegando a ser o segundo álbum mais vendido do seu ano de lançamento e o oitavo do ano seguinte. É MUITO AMOR, Brasil <3 Avril arrasa muito, não tem como não se apaixonar por essa canadense linda, loira e cheia de atitude!

 

FAIXAS:

1 - Losing Grip

2 - Complicated

3 - Sk8er Boi

4 - I’m With You

5 - Mobile

6 - Unwanted

7 - Tomorrow

8 - Anything but Ordinary

9 - Things I’ll Never Say

10 - My World

11 - Nobody’s Fool

12 - Too Much to Ask

13 - Naked

 

Minhas favoritas: I’m With You Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Complicated Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Things I’ll Never Say Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, My World Coração vermelhoCoração vermelho e Nobody’s Fool Coração vermelhoCoração vermelho

Menos favoritas: Mobile e Unwanted

 

+ Fall Out Boy – Folie à Deux (2008)

Eu sempre tive um fraco por rock internacional. Quando conheci o Fall Out Boy, em 2007, foi amor à primeira vista! Criei toda uma expectativa por conta do novo álbum que seria lançado em 2008 e quase tive um treco quando vi que o nome era em francês (todo mundo sabe que eu amo francês e que é a língua que cursarei na faculdade). BUT quebrei minha cara quando vi que não tinha UMA faixa em francês, epic fail, né FOB? Mas pra compensar esse errinho de concordância (ops, exagerado eu magina), os quatro musos da banda arrebentaram na produção. Lembro de ter passado um mês todinho ouvindo só esse CD, de tão incrível que achei. Sem sombra de dúvidas o álbum tinha que estar aqui! PS: SO CUTE ESSA CAPA, HEIN?

 

 

FAIXAS:

1 - Disloyal Order Of Water Buffaloes

2 - I Don’t Care

3 - She’s My Winona

4 - America’s Suitehearts

5 - Headfirst Slide Into Cooperstown On A Bad Bet

6 - The (Shipped) Gold Standard

7 - (Coffee’s For Closers)

8 - What A Catch, Donnie

9 - 27

10 - Tiffany Blews

11 - w.a.m.s.

12 - 20 Dollar Nose Bleed

13 - West Coast Smoker

Bônus Tracks:

14 – Lullabye (faixa escondida, que é revelada ao retroceder a faixa “Disloyal Order Of Water Buffaloes – apenas em CD player)

15 – Pavlove

16 – Beat It

[E versões acústicas de “Americas’s Suitehearts” e “What' a Catch, Donnie” e remixes de “I Don’t Care” e também “America’s Suitehearts”]

 

Minhas favoritas: What a Catch, Donnie Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, Tiffany Blews Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho, She’s My Winona Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho e America’s Suitehearts Coração vermelhoCoração vermelhoCoração vermelho

Menos favoritas:  The (Shipped) Gold Standard, 27 e West Coast Smoker

 

E é isso! Espero que aproveitem as dicas, lindos! Até a próxima!

1 pseudocomentaram:

leila disse...

Se gostar de Beatles é pagar de cult então eu sou cult, kkkkk, rock inglês é o que há! Mas eu também curto música pop, menino eu tive uma vibe Rihana, que pirei, ate comprar o cd Good girls gone bad, Umbrella era minha preferida, depois Rehab, sabia que aquela voz masculna na msk é do Justin Timberlake? REcomendo o video dessa música.
Já gostei bem mais da avril é verdade, esse cd let go é o melhor dela