quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Pseudopsicologia #03

Oi, gente! Todos bem? Sentiram minha falta? Sentiram falta do falso psicólogo mais lindo da internet? S2
Então, queridos, vocês sabem que ultimamente mal tenho tido tempo para respirar e que quando o tenho, só penso em fechar meus olhos e dormir como se não houvesse amanhã. Mas recebi ontem um e-mail do I., um menino confuso sexualmente e que tá passando por uma barra no colégio onde estuda, não por causa do bullying, mas por causa de um bapho ainda maior que vocês vão conferir já! Prepara o coração, segura firme onde você estiver acomodado e vem comigo!

Leitor lindo says: Oi, Tiêgo! Eu sei que você está ocupado com o início das aulas na sua faculdade e estou morrendo de saudades dos seus textos legais e que me fazem ficar pensando em um monte de coisas. Você postou agora há pouco algo sobre se testar e ser testado e eu não pude resistir: tive que recorrer à sua ajuda (ps: eu também acompanho você pelo Twitter e vi que você vai estar sem aulas amanhã, então estou torcendo pra que você leia este e-mail e me ajude!). A situação é a seguinte, Ti: eu sou bissexual, gosto de garotas, inclusive terminei faz um tempinho com minha namorada de dois anos porque ela foi embora daqui de onde eu moro. Com o fim desse namoro, passei a sentir a mesma atração que sinto por elas por garotos. Já fiquei com dois caras e foi como se estivesse com uma garota, não vi diferença. Mas a questão não é sobre a minha sexualidade, mas sim sobre uma coisa chata que vem me acontecendo faz duas semanas e eu não consigo me abrir com ninguém sobre! Semana retrasada, saindo da aula de história, meu professor pediu pra conversar comigo e eu poderia imaginar que ele ia falar tudo, menos que estava apaixonado por mim! Ele quer a todo custo ficar comigo e que eu dê uma oportunidade a ele, que eu não teria nada a perder e tudo o mais. Mas eu estou morrendo de medo de fazer uma burrada me envolvendo com ele! Ele é superlegal, é bonito e tem tudo o que eu busco num cara e eu tenho sim vontade de ficar com ele, mas não sei MESMO o que fazer, sinto que tudo o que eu vá fazer vai dar errado! Será que você poderia me ajudar, Ti? Tô precisando de um bom conselho e tô confiando em você! Obrigado!

O Pseudopsicólogo says: I. querido. Nunca imaginei que fosse me deparar com uma situação deste tipo, mas só para começar, obrigado por gostar dos meus textos e por me acompanhar, mesmo nesta loucura que anda a minha vida. Agora vamos ao seu dilema: a história clássica de professor atrás de aluno e que diz que está disposto a largar tudo por ele e bububu. Se você ainda não tinha visto essa história, man, fica a dica: tudo não vai passar de uma aventura. E mais, vocês estão em etapas diferentes da vida e com toda a certeza do mundo gostam de coisas completamente diferentes! Ok, existe sim a possibilidade de esta loucura dar certo, mas pense bem: você, pelo o que vi na troca de e-mails, é menor de idade e ele já é bem mais velho do que você. Fora que para a escola, a relação entre aluno e professor é contra a lei e pode até acarretar a expulsão dos dois do estabelecimento de ensino! Já imaginou como seria se alguém por ventura descobrisse que vocês dois tiveram algum tipo de história mais íntima, para além da amizade? Acho que por mais incrível que possa parecer que um cara como aquele esteja parado na sua e melhor, seja real, não compensa, ainda mais com todos os riscos que você está correndo. Sei que não será fácil esquecê-lo se decidir dar o fora nele até porque vocês conviverão no mesmo meio, mas no seu caso, é o melhor a se fazer. Tem tanta guria legal pra você gostar, tanto cara interessante por aí! Você não precisa perder seu tempo cogitando a possibilidade de ficar junto de alguém que pode te deixar mais triste do que feliz. Converse com ele, seja franco e sincero e seja, acima de tudo, o mais maduro possível, para que ele perceba que você não é um cara qualquer e que pesou os prós e contras antes de tomar sua decisão. Pode até ser que ele não te esqueça, mas vai aprender a respeitar o seu limite, a sua decisão, o seu lugar. Arrase na pokerface e boa sorte!
Tá com um problema escabroso e não tem coragem de contar pra ninguém? Desabapha comigo que eu te dou um conselho legal e você pode até parar no meu blog! Mande um e-mail para tiegoramon@gmail.com e aguarde meu contato! Lembrando que você está ciente de que, ao mandar seu problema, pode ser publicado aqui no blog, ok? Até a próxima, queridos!

8 pseudocomentaram:

Laís Pâmela disse...

Essa semana a pseudopsicologia foi bapho demais. O gato vai ter que ser muito maduro para sair dessa situação. Esse problema é f-o-d-a. Mas, espero que se resolva o mais rápido possível, porque querido os fins de uma relação professor-aluno são sempre os mesmos.
Adorei o bapho dessa semana.
Beijos.

Vanessa disse...

Nossa, que situação complicada, hein? Eu odeio essa história de professor com aluno. Não aprovo. Falo isso como futura professora que deseja sempre separar as coisas. O rapaz aí precisa tomar muito cuidado e pensar bastante nos riscos que está correndo. Nós vemos tantas histórias horríveis por aí....Essas coisas me preocupam.

Jeniffer Yara disse...

Bah,que situação D: Eu concordo com você Ti,ao dizer que isso não vai passar de uma aventura,e que o mais sensato é mesmo o carinha dar o fora do professor.Espero que ele ouça seu conselho e pense muito bem antes de tomar qualquer atitude :}

Beijos

Jéssica Trabuco disse...

Situação super delicada. De um lado o êxtase de ter o professor afim de você e do outro o medo real de se decepcionar.
Tem é que pensar direitinho no que fazr para não se arrepender depois.

Tay disse...

Situação complicada, meu amigo. Mas você deu um sábio conselho. E no início (principalmente se ainda não rolou nada) é bem mais fácil esquecer alguém. Arrasou!
Ah, hoje é o #blogday, parabéns amigo blogueiro!

Dayane Pereira disse...

Que história! Geralmente sãos os alunos que se apaixonam por professores. Mas achei a sua dica pra ele muito sensata! Eu diria o mesmo!

Rodrigo disse...

Olá passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro super organizado com ótimo conteúdo gostaria de parabenizar pelo ótimo trabalho voltarei mais vezes no seu encantador blog que DEUS ilumine seus caminhos e de seus familiares
Desejo muito sucesso

Fernanda disse...

Nossa...complicado... =/