sexta-feira, 20 de julho de 2012

Aos amigos, com carinho

Os eternos amigos da série que a gente ama <3
Post levemente inspirado na canção "Count On Me", do Bruno Mars.


Sabe aqueles dias em que tudo dá errado? Tipo quando você sai de casa todo serelepe e lindo rumo à aula de inglês e ploft, pisa num cocô dois passos depois de fechar o portão da casa. Ok, você vai, limpa e continua seu caminho menos serelepe e menos lindo até que opa! Você é quase atropelado por um caminhão em cima da faixa de pedestres. Tentando se recuperar do susto e da experiência de quase morte, você está a dois passos de chegar na escola de idiomas quando você vê aquela galera toda voltando com a maior cara de ódio. Você pergunta o que houve e a resposta vem unânime: "não haverá aula".
Ter pisado no cocô, quase ter sido atropelado para chegar no curso e não ter aula seriam motivos de sobra para sentar na calçada e chorar, se acabando de perguntar porque a vida é tão ingrata. Mas eis que eles estão ali, prontos para fazer você acreditar na vida (de novo), como super-heróis dignos de histórias em quadrinhos: seus amigos.
Basta um deles mandar o famoso "vamos dar uma volta?" para você esquecer de tudo o que passou naquele dia. O poder que a amizade tem sobre cada um de nós não tem explicação. É algo que acontece, apenas. Ela está ali para nos fazer enxergar que as relações entre as pessoas são mais do que necessárias - são essenciais. Se você tem um amigo, você tem um motivo a mais para sorrir. Para seguir em frente. Para viver! E não, não é exagero não. Por vezes eu já cansei de socorrer e de ser socorrido por amigos em momentos de fraqueza e acho que poucas vezes acreditei tanto nas pessoas como nessas. Não que eu tenha desistido da humanidade das pessoas, mas é que chegamos em um estado de raridade tão grande desse sentimento que até estranho quando encontro pessoas assim, humanas. A quem convenho chamar de amigos, felizmente.
Eu não me importo com distância, nem com saudade nem com nada disso porque sei que meus amigos de verdade estão aqui no meu coração, nas minhas lembranças. E não há obstáculos para com isso. Posso até ser rotulado de bocó, porém sou um admirador nato de cada um dos meus amigos e choro por isso quando paro para pensar no quão eles são primordiais em minha vida. Sentir que posso compartilhar da amizade deles a qualquer momento é maravilhoso! Sou grato, muito grato por ter vários amigos de coração, de verdade mesmo, daqueles que matariam e morreriam por mim e tudo o mais (hiperbolizando um pouco, of course). Ter amigos é nunca estar só! Arriscaria até dizer que ninguém está completo se não tiver amigos.
 Não lembro ao certo quem foi, mas teve algum escritor que poetizou dizendo que "a amizade é um amor que nunca morre". E é a mais pura das verdades. São amores que ficam guardados conosco de tal maneira que é impossível se desfazer deles. E é por isso que eu quero desejar aos meus amores-amigos, um feliz dia do amigo acompanhado por um muito obrigado bem grande, do tamanho da minha gratidão pela amizade de cada um. Não sou o Fiuk, mas amo muito todos vocês, morecos!

4 pseudocomentaram:

Nina disse...

Eu gostaria muito de ter amizades verdadeiras. As que tenho nomeei como "temporárias", pois duram apenas um período, tipo colégio ou trabalho. Lamentável. Não sei cultivar isso. Abraços.

Emilie S. disse...

Lendo esse seu texto lembrei do filme,Colorful: "ter um amigo com quem você possa conversar é o bastante para aquecer o coração" (adaptando as palavras do personagem).
E é verdade.Mesmo as pessoas como eu,sem muitos amigos, se sentem felizes quando podem buscar conforto e o consolo nessas pessoas. Como diz uma música, "amigos são especiais,são tesouros da vida".

Blog Emilie Escreve || Fanpage || @blogabs

Jeniffer Yara disse...

Awn, ameio texto, você fez de amigos super heróis e eles são isso mesmo às vezes ♥

Beijos ><

Nati disse...

O único amor que nunca morre que eu conheço é o da minha mãe.
Admiro muito quem é amigo de verdade e quem os tem. Beijo