quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Voltamos com nossa programação normal.


[Sim, estou vivo. Por incrível que pareça.]

Semana passada, dei adeus a mais um semestre na universidade. Estou a caminho do quinto e a expectativa só aumenta a cada disciplina finalizada. Expectativa de um mundo novo, de um futuro desconhecido, de um universo que se expande mais e mais. Eu adoro estudar, é um dos meus prazeres preferidos (coisa que muita gente acha esquisito, mas enfim), mas isso tem me feito abrir mão de alguns outros prazeres que antes eram prioridades, mas que hoje não são. Blogar é um deles.
Ontem passei horas pensando nisso, lendo meus posts antigos. Ri, chorei, lembrei de como era fácil deixar as palavras fluírem enquanto minha mente já fervilhava pensando em mais e mais textos. Essa vida corrida me fez deixar de lado a minha principal válvula de escape, para todos os  momentos. Não adianta, já tentei de todas as formas conciliar uma coisa com a outra mas só de pensar em escrever algo à noite, no finalzinho da bateria, sinto um sono infinito. É cansaço, é dor de cabeça... Escrever acaba se tornando uma realidade apenas nos meus sonhos. Quanto mais textos eu lia, mais eu constatava que mudei e que isso acabou se refletindo na minha total negligência com o blog.
Por conta disso, hoje acordei já com a decisão tomada: não importa quantos devaneios, viagens, bobagens e afins eu pense em escrever, venho depositar tudo aqui. Por mais controverso que pareça, aqui eu sou livre. Posso despejar meus sentimentos, minhas angústias, alegrias, desesperos. Aqui, concluí, eu sou feliz. Por mais que tudo esteja dando errado na "vida real", vir aqui, colocar meus pensamentos em palavras e clicar em "publicar" me deixa um pouquinho mais contente. Não posso mais deixar de lado algo que foi tão importante para mim em diversos momentos da minha vida. A vida já é dura demais para que esqueçamos o que nos faz bem.
Portanto, aguardem. Virei louco, virei insano, virei desconexo (às vezes com um pouco de nexo), mas virei. Chega de cansaço. Levantei, sacudi a poeira e vou dar a volta por cima. Wish me luck!

De um cara meio louco, meio insano e meio desconexo (às vezes com um pouco de nexo),

Tiêgo.

4 pseudocomentaram:

Luana Natália disse...

É como diz o ditado: não faz sentido mexer em time que está ganhando, então por que afastar-se de algo que faz tão bem como um blog, né?

beijo

Tay disse...

Se ajuda. Volta logo pra o blog. :P

Flá Costa* disse...

olha eu também me distancio as vezes do meu cantinho, mas acho que é muito mais resultado de um travamento emocional do que qualquer outra coisa.

mas estou sempre voltando.

beijoca e volta para si por aqui!

Suzi (Vulgo, Emilie) disse...

Sempre gostei dos seus textos. até pensei no motivo do sumiço.mas, ok. se for pela faculdade, a gente entende. porém, não deixa de postar