quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Comentários gerais: resoluções 2011-2012


Ano passado, exatamente dia 20 de julho, elaborei algumas -trinta- resoluções que tentaria cumprir até dia 20 de julho desse ano. Por motivos de férias e cansaço extremo, não passei a lista a limpo, mas agora chegou a hora. Sem mais preguiças e delongas, simbora comentar a lista com as minhas resoluções 2011-2012!

Observações para antes dos comentários:
- Eu ainda não estava na universidade quando teci estas resoluções, então ignorem certas coisas que podem parecer tolas;
- Mudei MUITO do ano passado pra cá, perceberão isso nos meus comentários e
- Não me levem a sério. Não totalmente, rs.
 
LEGENDAS:
- RISCADO: missão cumprida
- VERMELHADO: não consegui cumprir a resolução
- NEGRITADO: parcialmente cumprida
~~~
  1. Levar a sério os estudos na universidade e estudar sempre que possível: esse foi cumprido com louvor. Primeiro porque todo o tempo livre que tinha, procurava ocupar com as leituras que os professores passavam ou pesquisando mais acerca dos assuntos trabalhados. Até sumi da internet! Mereço uma estrelinha de bom aluno! haha
  2. Conhecer outro estado do Brasil (além do Pará, que eu conheci em abril de 2011): larei. Ia conhecer Florianópolis no Encontro Nacional dos Estudantes de Letras em julho passado mas acabei tendo um imprevisto com todo o dindin que guardei pra viagem. Resultado: não conheci nada. E fiquei frustradíssimo com isso. :(
  3. Ir a um show de algum artista legal e que todo mundo conheça: larei de novo. Ia no show da Maria Gadú que ADORO, mas não fui por motivos de: gripe extrema. E isso foi o mais próximo que eu cheguei de ir a um show. E quase fui no do Michel Teló, mas ele não se enquadra no perfil "artista legal", então ignorem. :(
  4. Ganhar um autógrafo de um dos meus ídolos, qualquer um deles: cumprida! Rodrigo Andrade, que atualmente faz o canalha Berto Leal em "Gabriela", me enviou uma foto autografada e o CD novo dele! Já era fã, virei ainda mais fã! Foto aqui :)
  5. Acompanhar ao menos uma série com o resto do mundo: cumprida com ainda mais louvor. Passei a acompanhar Glee, Vampire Diaries e The Secret Circle (que foi cancelada ;////), além de Smash e, recentemente, The Glee Project. Ou seja, superei BEM a resolução. hahaha
  6. Ler muitos livros e conhecer escritores novos: vou colocar como parcialmente cumprida por dois motivos: o primeiro é porque estou ignorando os autores que conheci na universidade e que se tornaram indispensáveis à minha vida acadêmica; e o segundo é porque eu sei que poderia ter me esforçado mais, mas não o fiz. Mas conheci muito autor bom! Rick Riordan (Percy Jackson), Agatha Christie (E não sobrou nenhum, Os Crimes ABC), Nicholas Sparks (A Última Música, Querido John), Ana Beatriz Nogueira (Mentes Perigosas), E. L. James (Cinquenta Tons de Cinza, meu novo namorado) e mais alguns que não me lembro agora. Foram poucos, mas aumentei minha cultura literária, sem dúvidas!
  7. Consertar a tela quebrada do meu notebook: fracassei bonito. Levei um monte de facadas nas assistências técnicas e, parando pra pensar, seria mais negócio comprar um notebook novo. E é isso que pretendo fazer daqui a um mês. Rico eu magina?!
  8. Ser publicado em algum site/revista/jornal: não só uma vez, DUAS vezes no Jornal O Globo, na seção das notas dez e zero da coluna da Patrícia Kogut. Fotos aqui e aqui. Detalhe: aqui em Macapá não tem esse jornal, fiquei sabendo totalmente por acaso pela namorada do Rodrigo Andrade no Twitter! Como não amar meus quinze minutos de fama anônima? hahaha
  9. Terminar meu novo livro: parcialmente concluída MESMO. Mas pelo menos rascunhei toda a história e concluí metade dela. Espero terminá-la daqui para o fim do ano! Quem sabe não vem um best-seller por aí? s2
  10. Fazer faxina toda semana no meu quarto por pelo menos três meses: essa deu tão certo que faço até hoje. Comecei em agosto de 2011 e desde então, faço faxina todo santo sábado. EMPREGUETE EU MAGINA?!
  11. Ver mais filmes: essa não foi cumprida por falta de vergonha na cara mesmo. Eu preferia ficar perambulando pela internet ou estudando ao invés de ficar vendo filmes e fui empurrando com a barriga. Só fui me dar conta disso em 2012. Aí que eu acordei pra ver pelo menos os filmes que todo mundo comentava, né. No cinema, não vi NEM UM FILMEZINHO. Não fui UMA vez sequer ao cinema do ano passado pra cá. Dá pra acreditar? Minhas sessões eram todinhas na minha cama, quando eu via na TV ou no meu computador. Prometo tentar reverter isso. rs
  12. Fazer um regime útil e bom por mais de uma semana: essa foi barra, mas eu consegui! Fiz uma dieta japonesa mais cheia de frescura que o cão e passei fome nessa semana, mas desintoxiquei meu organismo todo, recebendo até elogios do endocrinologista quando o visitei para os exames de rotina do meu trabalho. Dói demais fazer regime, gente, pelo amor de Deus da coisa desumana. Mas no final das contas vale a pena! :D
  13. Ir ao nutricionista antes de fazer o regime: não fui. Minha tia que indicou o regime. rssss
  14. Começar a praticar algum exercício físico nem que seja uma vez por semana: me envergonho MUITO de ter me estrepado nessa. Por vezes eu tentei, mas não consegui. Essa resolução foi a mais difícil de todas, porque quem me conhece sabe que eu sou uma toupeira pra fazer exercícios, ainda mais regularmente. Vergonha, sei lá :~~ Porém, quero reverter esta situação tão logo. Um dia eu consigo!
  15. Comprar um tênis e um sapatênis novos: semana passada fui ao centro e lavei a burra! Comprei três tênis e, antes disso, ainda tinha comprado dois sapatênis. Liquidação é uma coisa linda de viver, sério s2 Comprar faz um bem danado pra alma. Sou fútil, bjs.
  16. Não reclamar de acordar cedo por uma semana: parei de reclamar ao acordar cedo. Ir pra universidade ficou tão legal que eu nem reclamava mais. Nem pra ir à missa aos domingos, como eu sempre reclamava, faço mais. Essa foi uma vitória tremenda porque eu era UÓ quando acordava cedo. Agora não, sou lindo e sambo na cara do sono s2
  17. Parar com a mania de querer colocar tudo quanto é coisa mastigável na boca: NUNCA CONSEGUIREI PARAR. É mais forte do que eu!
  18. Ir ao dentista ao menos uma vez por trimestre: exterminada. Graças aos céus consegui me manter em dia com o dentista desde o inicio das aulas na universidade até hoje. Morro de medo de dentista, confesso. Mas mesmo assim eu vou porque né, minha boca é meu cartão de visita, já diz a médica. haha
  19. Comprar um mouse e um pen-drive: o mouse eu ganhei da minha tia no início das aulas na UNIFAP e o pen-drive também, só que perdi esse e comprei outro pra mim. O mouse meu irmão roubou e nunca mais me devolveu e o pen-drive tá aqui do meu lado intacto como sempre, nem parece que já faz um ano que tenho. s2 CUIDADOSO EU MAGINA?! hahaha
  20. Evitar comer bobagens entre as refeições: AMÉM JESUS ME LIBERTEI DESSE MAL GLÓRIA IRMÃOS!! Essa eu tinha que comemorar porque olha, pensem no rei de comer besteiras entre uma refeição e outra. Coloquei na cabeça que isso fazia mal e logo parei com isso, ainda bem! COM ISSO, TAMBÉM PAREI DE TOMAR REFRIGERANTE <333 Sete meses sem uma gota! Orgulhosíssimo de mim!
  21. Programar saídas com os amigos no mínimo uma vez ao mês: triste. Minha vida social no segundo semestre do ano passado foi altamente comprometida pela minha rotina diária que afetava inclusive meus finais de semana. Mas em 2012 tudo mudou e passei a ver mais meus amigos, sairmos mais juntos e tudo o mais. Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito. Foi parcialmente cumprida porque só coloquei em vigor nesse ano. Ano passado foi barra, caramba. :X
  22. Dedicar-me bastante ao curso de francês nestes últimos dois níveis (6° e 7°): me dediquei e exterminei com notas excelentes os dois níveis! No sexto, fechei tudo com 10 e no sétimo e último nível de francês, com 9,5, tirando a maior nota da turma! Terminei meu curso satisfeitíssimo!
  23. Fazer novos amigos na universidade: fiz VÁRIOS! Muitos amigos mesmo! Conheci gente que eu nem sonhava que fosse conhecer e melhor, me tornei amigo dessa gente toda! Uma das melhores coisas que poderiam ter me acontecido foi ter concebido minha vida acadêmica. Me trouxe pessoas incríveis que estarão pra sempre aqui comigo <3
  24. Fazer novos inimigos na universidade: não fiz tantos quanto gostaria, mas consegui atiçar a mágoa alheia, principalmente na fila do R.U na hora do almoço. COMO É BOM só ter amigas e os meninos darem em cima e eu estar ali pra defender s2 Acabei criando pencas de inimizades por ali. Hahaha Fora climões na minha sala, gente panaca que se revelou com o tempo, idiotas all the time... Gente cu por todos os cantos, merecendo meu desprezo. Uó.
  25. Pintar meu quarto de outra cor: pêssego s2 as fotos dele não carregaram, tô chatiadíssimo.
  26. Ir regularmente à missa: nessa eu falhei mas por motivos muito pessoais. Quem acompanhou meu drama por aqui sabe que eu vivo um confronto entre religião e sexualidade desde sempre. E isso afetou minha vida religiosa, muito. Eu passei a não me sentir bem na igreja, sabe? A fé permanece, mas não ali. E sim nas minhas preces. Anyway, só vou de vez em nunca. Que triste :~~
  27. Trocar cartas com mais gente legal desse Brasilzão: essa eu vou exterminar feliz da vida! Passei a me corresponder com o Joabe, com a Van, com a Deyse, com a Maris, com a Jenny, com a Tay, com a Seerig... Ai, só emoção essa troca de cartas. Felicidade define!
  28. Aprender a tocar um instrumento novo e/ou a cantar: queria MESMO ter conseguido cumprir essa, mas estive totalmente ocupado! Não tinha tempo pra nada! Agora que acabou o francês e que as federais estão de greve, farei de tudo pra me matricular em aulas de canto (vão me ouvir cantar aqui) e, quem sabe, de piano? Aí sim vou me sentir realizado!
  29. Ficar offline quando necessário e SEM RECLAMAR: nem precisava ter feito essa resolução. Me ocupei tanto, mas tanto que nem tinha ânimo pra ficar online. Fiquei off sem sentir nada. Prova de que eu cresci um pouquinho, né?
  30. Blogar toda semana, no mínimo uma vez: essa eu queria ter cumprido. Demais. Mas como vocês viram, era tanta loucura nessa minha vida que eu não conseguia nem dormir direito, quanto mais ter forças pra blogar. Mas este ano, jurei que ia me manter fiel ao blog ocupado ou não e cá estou, belíssimo, pelo menos uma vez na semana com posts novinhos pra vocês não sentirem mais falta de mim. Tô no caminho certo? :DDD
Saldo final: sete resoluções não cumpridas, cinco resoluções quase cumpridas e dezessete cumpridas. Acho que fui bem, não fui? Quero reformular logo esta lista e compartilhá-la com vocês, tão logo! Até a próxima, gente!

5 pseudocomentaram:

Mariana disse...

Estava lendo suas resoluções e fiquei curiosa sobre o que você disse sobre religião e acabei lendo o texto da Bíblia. Acho que você está passando por coisas que eu já passei, mas não é que estou querendo dar lição de vida ou dizer algo como "na sua idade eu...". Longe disso. Quando eu era mais nova eu tive conflitos parecidos a respeito da minha fé e do que me faz feliz. Fui criada pra ser católica, fui batizada e cheguei a fazer primeira comunhão. Mas eu não estava feliz ali e não me sentia confortável. Com o passar do tempo eu enxerguei que embora muitas pessoas precisem ir a igreja e se sintam felizes assim, eu não sou uma dessas pessoas. A religião deveria servir pra trazer conforto e nos tornar pessoas melhores, e não é bem assim que acontece né? Imagino que você deva ter um parente que acha que é perfeito porque está sempre na igreja, mas não sabe praticar a caridade ou ser gentil fora dela. Eu não vou a igreja porque não sou feliz dentro de uma. Já se perguntou por que você vai a igreja? Eu já. E a resposta foi "porque outras pessoas querem que eu vá". Se eu não quero ir e não quero acreditar naquilo que os outros me dizem que eu devo acreditar, eu não vou. Enfim, essa é a sua decisão e só você sabe o que é melhor pra si mesmo. Desculpe pelo comentário longo. :)

Emilie S. disse...

Eu deveria ter feito uma lista de coisas a cumprir. Vi que algumas na sua lista ficaram pendentes. Mas, o objetivo é executar a maior parte delas. Boa sorte com as que estão em vermelho.
p.s.: eu já queria engordar..

Jeniffer Yara disse...

Amei amei amei suas resoluções cumpridas, as quase cumpridas tiveram suas nobres causas, eu também queria me exercitar mais, mas nem.... haus' Ti, você me inspirou a fazer minhas resoluções! Do final desse ano pro outro, vou formular algumas aqui e ver o que acontece, sério, vale à pena, e você foi muito bem MESMO >< Agora vou ouvir você cantando ♥ hahaha'

Beijos

Nina disse...

Eu já criei muitas destas resoluções e gostava muito de tentar fazer dar certo. Daí tive uma constatação: a vida sem regras ou expectativas flui melhor por conta do "fator surpresa", tempero da alma.
Abraços.

Evelyne Joyce disse...

Aplausos de pé pra você, Tiêgo. Só consegui cumprir estas metas por um mês. Descobri que eu não lido bem com nenhuma delas, e sim com transformações lentas que vão entrando no meu dia-a-dia devagar.
Obs.: Quando ao nº26: eu também era católica. Eu também descobri a parte podre da bíblia. Fui me dando conta de que eu não acreditava numa coisa. Em outra, em outra. E quando parei para pensar não tinha mais fé nenhuma. Eu realmente estava seguindo uma religião por comodismo. Eu rezava (e nunca funcionava, aliás...) mas era levada para a onda. Começando pela religião tô tirando um monte de excessos na minha vida que não faz mal, mas que também não acrescenta.
Conhecer outras religiões me fez ver que Jesus não é o centro do universo, me identifiquei bastante com o Budismo, quem sabe o seu caso não é o mesmo do meu? :D