sexta-feira, 22 de outubro de 2010

@paixonadoporvc.com (?)


Hoje em dia, parece que as pessoas decididamente esqueceram o real sentido do verbo amar. Se eu conheci a fulana ontem, agora eu já a amo, por exemplo. Só que as coisas não funcionam bem assim, não. Até porque entre o amar e o ser amado, existe um fator denominado ser romântico.

Não há dúvidas de que aquela velha história de escrever centenas e milhares de "te amo" num rolo grosso de papel ficou para trás. Com a modernização e a tecnologia em massa e muito mais acessível, comada à facilidade de comunicação, ninguém mais prefere escrever "eu amo você" num pedaço de papel que pode ser perdido. Uma grande 'invasão' apaixonada no Orkut deixa sça e salva as palavras do querido (a) - até haver uma briga e o ódio subir à cabeça e deletar todas aquelas frases amorosas de lá.

Não vou dizer que sou totalmente contra o romantismo internáutico porqu eu estaria mentindo e caindo em contradição, porque eu mando sim scraps apaixonados e coloco bem grande o nome da pessoa pela qual estou apaixonado no subnick do MSN. Só que isso não significa dizer que eu não saiba escrever (com caneta no papel), falar ou demonstrar para o amor da minha vida o quanto ele é especial para mim.

Ser romântico nunca sai e nunca sairá de moda. Seria quase impossível se apaixonar por alguém que não possuísse tal característica! O que acontece na maioria das vezes é que há uma variação do modo como o romantismo é aplicado. Principalmente na internet, onde as declarações ficam muito mais expostas - e dos modos mais variados. Entendo que o Lukinh@s & Débor@@h ♥ Love forever! quis demonstrar seu amor pela garota e tudo, mas convenhamos: não fica meio embaraçoso quando vemos algo do tipo? Só para reforçar, repito: não sou contra a exposição do amor na web. Apenas acredito que existem limites e que eles garantes a integridade da pessoa. Vai que o Lukinh@s & Débor@@h ♥ Love forever! terminam? Dá pra sentir o climão daqui do outro lado do monitor!

Portanto, não deixem de ser românticos, não. Se o seu status "namorando" e um álbum todo com fotos suas e do prometido (a) não forem o suficiente para demonstrar o caminho e amor, não precisa de exageros como os que o Lukinh@s cometeu. Nada como uma velha e intensa carta de amor (escrita com caneta e num papel de carta impecavelmente escolhido) que esclareça tudo o que sinta pela pessoa que faz seus dias mais felizes. Afinal, amor é amor sempre e temos que demonstrá-lo da melhor - e um pouco mais reservada - maneira possível!



Pauta para o Blorkutando - 108ª Semana : Rom@nticos

***

Ooooi de novo, crianças!
É, atualizei esses dias todos pra me redimir da culpa de ter ficado um tempão em escrever. (E antes que eu esqueça, tirarei o sábado para responder a TODOS os comentários atrasados. Eu sei que não poucos, mas não são menos significativos.) Aproveitei que me baixou a inspiração e postei pro BK, excelente proposta dessa semana.

Ai, minha vida tá uma loucura. Primeiro porque ser bissexual não é lá uma coisa muito fácil de se lidar. Em segundo porque o vestibular tá aí : tenho uma semana pra me preparar psicológica e fisicamente pras provas. Dias 6 e 7 tem o ENEM e na outra semana, dia 14, tenho a prova da Universidade Estadual do Amapá (http://ueap.edu.br). Serão dias de trevas, não se assustem se um aviso imenso aparecer do nada aqui dizendo TIÊGO ALENCAR NÃO CONSEGUE MOVIMENTAR OS DEDOS DE TANTA EXAUSTÃO. Tá, isso foi uma brincadeira, não sou tão exagerado assim. Mas coisa parecida vai aparecer por aqui, então estejam preparados pro meu cumiço, coisas divas e deliciosas (?).
Sobre o Tudo de Blog: ainda dá tempo de participar! Antes do vestibular eu postarei aqui e será, provavelmente, a postagem que ficará pelas duas semanas seguintes. Eu ia contar o babado agora, mas deixa eu me esquematizar melhor aqui que já já o Tiêguinho aqui conta TUUUUDO pra vocês!
Sem pressa, nem nada, rs.
Aaaaah, pra quem curte escrever: reabri minha caixa postal! Tô doido pra me corresponder com pessoas de todos os lugares do Brasil, com aquela carta que a gente deixa nos Correios, sela e tudo e que o carteiro entrega na nossa casinha superconfortável. Quem estiver afim, só me contatar nos comentários que eu vou até você!
E bem, acredito que seja só de importante. Viciei em Megaman, meu MSN tá bugado, eu estou à beira de um ataque de nervosismo e emagreci um quilo voltando da escola à pé (tá, eu tava DOIDO pra contar isso pra vocês. PODEM RIR.).

Feito por seu amante e amigo,

7 pseudocomentaram:

Natália disse...

Meu caro, por mais dificil que seja, entenda: os sentimenos e as pessoas não são mais como antigamente, por isso que prefiro meu computador. beijo

Jeniffer Yara disse...

Sobre o texto,concordo em ser romântica pela internet,toda aquela coisa de colocar o status do orkut 'namorando' e dizer que gosta da pessoa,mas eu particulamente não faria isso,rs Mudaria o status de solteira,e colocaria fotos,e só.Mas bom,isso é o que eu falo hoje né,nunca se sabe.rs

E sobre suas novidades,ahh vestibular tá aí mesmo!Já fiz uma prova pra uma faculdade particular a passei o/ Mas vou esperar as provas do Enem e da Federal daqui,a esperança é a última que morre,certo?rs
Que pena que eu não vou poder participar do seu TDB dessa vez,mas quero muito participar novamente dele,talvez depois do(s) vestivular(es) eu consiga ;)

Beijos

Marcos de Sousa disse...

Adorei o texto. Sou totalmente a favor da volta do antigo romantismo, porém isto é impossível. Por mais que a beleza de mandar uma carta junto com uma rosa seja insubstituível, hoje, muitas vezes, isso fica quase inviável.
Quanto ao exagero do romantismo na internet, acredito que quando o amor toca o coração, queremos demonstrá-lo de qualquer forma. E qualque forma é valida (mesmo algumas vezes sendo ridículo).


Adorei o blog. Seguindo... Quando puder me faça uma visita: http://omundosobomeuolhar.blogspot.com

@_jotaerre disse...

Eu sou totalemente a favor do romantismo! Acredito nele e espero que ele ainda exista...
A internet é apenas mais uma plataforma para se conhecer uma pessoa, não uma prova que se ama alguém.


Beijos enormes, sweetheart.

Yasmin Kuhnert disse...

O romantismo mudou de meios e está por um fio de se perder. Não posso dizer que ele não existe e concordo com você que o povo exagera, tem certas coisas que estão por ai no orkut que é muito embaraçosso. Não sei se percebeu, mas eu sou uma pessoa hiper discreta, portanto não sirvo de referência, mas não acho legal expôr apelidos, e certas declarações de amor na internet. Por isso acho que o romantismo na internet não funciona tão bem, salvo a exceção de emails trocados, skype e msn. Afinal das contas foi trocando apenas emails que conheci Nico, e o fim você já sabe. hehe. Seu blog está ótimo como sempre, e muito bonito, dá gosto a organização. E saiba que apesar de ter sumido, estou sempre aqui lendo, só não comento porque geralmente meu blog está desatualizado, mas agora que as provas estão terminando estou definitivamente de volta. beijo ^^

Allan Penteado disse...

concordo, a popularização do amor está realmente muito forte... isso precisa urgentemente ser repensado

Ana D disse...

Hoje em di os amores estão meio "miojo", todo mundo se ama instÂntaneamentee estes amores não nos nutrem de nada rs