sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A realidade de sonhar



Se me perguntassem sobre qual atividade da minha vida que eu mais gosto, responderia sem pensar duas vezes: sonhar. Qualquer outra pessoa normal teria respondido que gostaria de navegar na internet ou de sair com os amigos, mas eu decididamente não sou uma pessoa normal. Prefiro entrar num mundo onde posso ser quem eu quiser, fazer sem pudores o que eu pretendo fazer e até unir-me a pessoas com as quais eu acredito que será bastante difícil encontrar tão cedo. A sensação de total capacidade que o ato de sonhar nos proporciona faz com que tenhamos um certo estímulo para alcançar nossos objetivos aqui, na realidade.

Já fui presidente da república e solucionei os problemas mais precários do nosso país. Dei beijos apaixonados no amor da minha vida, no meio da pista de dança da formatura. Voei atrás daquilo que não tinha nome, mas que eu sabia que me faria feliz. Até ganhei um lugar na Academia Brasileira de Letras, pelas minhas obras e meu trabalho como professor de literatura e língua portuguesa! Confesso, sou um completo sonhador. Mas ao contrário do que algumas pessoas pensam, isso não faz de mim alguém que vive em outro planeta, querendo existir num lugar que não existe. Baseio-me em meus sonhos para conquistar o que me é conveniente. Por exemplo, não fui o aluno modelo da classe por falta de querer. Sonhei muito com o dia em que fui nomeado, na sexta série, na frente de toda a turma, o melhor aluno do ano. Por mais que isso tenha se repetido por mais dois anos, não deixei de me esforçar para que tudo desse certo, de acordo com meus sonhos. A mesma coisa ocorreu com meu primeiro beijo, dado aos 12 anos na garota que eu menos esperei beijar. Somos cercados de ilusões, de pensamentos que nos fazem ir atrás de suas concretizações.

Desde pequenos, quando sonhamos com os brinquedos guardados nas prateleiras mais altas, até adultos, quando queremos formar uma família e ter nosso próprio lar, aprendemos que não basta apenas sonhar: é preciso lutar pelos sonhos. Mas isso só é verdade quando estamos dispostos a tudo para alcançá-los e acreditamos o suficiente neles. Não me lembro de ter desistido de um sonhop por falta de crença nele. Até o fim, permaneci acreditando neles, por mais impossíveis que eles pudessem ter sido. Agora, com o crescimento e um pouquinho mais de racionalidade, sonho com a passagem no vestibular, com o diploma de uma universidade pública nas mãos, com aquele gostinho bom de liberdade e com o exercício da profissão que eu escolhi. Não pararei de correr atrás dos meus sonhos enquanto tiver formças para acreditar na realização deles. Uma pessoa não existe se ela não é capaz de sonhar, a necessidade que todos nós possuímos.

A construção da realidade depende dos sonhos. E cabe somente à nós participar desta construção, cada um com seu sonho, seu objetivo. Sua vida muda completamente quando você bate no peito e diz com toda a convicção: eu sou um sonhador.


Pauta para o Blorkutando - 100ª Semana : Sonhadores.


***
Desculpem minha ausência daqui. É que tive algumas complicações com a internet, mais o meu novo blog que eu ainda tô planejando os posts, o layout, a estrutura... Isso ocupa um tempo precioso. E como se toda essa ocupação não bastasse, eu ainda tô doente! Muito gripado, com muita dor nos olhos e na garganta, fraqueza. Não quero que seja dengue, já peguei duas vezes e foi a pior coisa da minha vida! Ainda tenho forças pra ficar em frente ao PC, mas não consigo ficar muito tempo. Por isso, estou me apressando aqui! Já no próximo post, o (meu) Tudo de Blog! Gostaram do novo layout? Comentem, comentem muito! Vocês farão de mim uma pessoa mais feliz! :) Abraços à todos e até a próxima!

9 pseudocomentaram:

Natália disse...

A cada dia tu escreve melhor.
Esse post foi uma injeção de ânimo pra mim. Ah, e lendo ele em voz alta fica mais entusiasmante. Beijo

Erica Ferro disse...

"A construção da realidade depende dos sonhos. E cabe somente à nós participar desta construção, cada um com seu sonho, seu objetivo. Sua vida muda completamente quando você bate no peito e diz com toda a convicção: eu sou um sonhador."

Adoooooorei! Sério mesmo, ficou muito bem escrita e bonita essa pauta.

É bem verdade: sonhar é bonito, é ensaio do que pode realmente ser.
Eu sonho muito, preciso é correr atrás da realizações de tais sonhos.

Beijo, Tiêgão! ♥
Melhoras pra você.

Natália Souza disse...

Tiêgo , a evolução do blog está ultrapassando limites , você está cada dia melhor , e chamar-lhe de divo já não cabe mais, na verdade não há mais adjetivos para você.

Parabéns <3

Sobre o Blog , me identifiquei muito com o texto , o li ouvindo a musica "Quando Crescer - Fresno" Não sei se você conhece...Passou uma serenidade incrivel !

Beijoos !

Jeniffer Yara disse...

Concordo com tudo que disse em seu texto Ti! Sou uma sonhadora nata!rs *.*

Tá lindo seu blog,e não se preocupe com sua ausência por causa do outro blog ;)

Beijos.

Allan disse...

Puxa Tiêgo, melhoras pra você cara, eu nunca peguei dengue não (e nem quero pegar) deve ser muito ruim, já fico muito aflito quando tenho crise de rinite que me dá nos nervos aquele nariz escorrendo!

E sobre o post:
Eu acho que sonhar é bom, mas as vezes ficar só na vontade é ruim demais, eu queria poder sonhar menos e realizar mais, e não o contrário como comumente acontece!

Nath disse...

Sonhar é a coisa mais preciosa que alguém pode fazer,mas apenas sonhar não basta,realizar é a parte mais importante do conjunto.Tirar do abstratoe tornar real.
Como sempre,muito bom o texto
Parabéns

Buba. disse...

Eu, às vezes, acho que sonho mais do que respiro. Gosto disso.

Edy disse...

Sonhar é realmente fascinante, foi assim que consegui se um power ranger e consegui tirar uma foto com Tim Burton e J.K. Rowling...

... Quero sonhar pro resto da vida!

Italo Stauffenberg disse...

Parabéns pelo pódio! Vc mereceu!

Amei o outro blog viu?

pena que n da pra eu comentar!

sei lá pq!

Mega abraço.